41 / 52

Uma semana difícil em termos…femininos! Já não estava à espera de grandes resultados (o sono e a a preguiça em níveis elevados e o abençoado chocolate…), mas mesmo assim consegui que o ponteiro da balança fosse na direção que interessa…mesmo que por uns meros 200g!

Com energia renovada, escrevo este post com os bracinhos a tremer de um treino funcional que cada vez mais concorre com a minha outra aula preferida: o power jump. Suspeito que amanhã não vai ser um dia fácil :)

Mais uma vez, apesar de os resultados não serem propriamente animadores, o que interessa é continuar a tentar e não desistir. Estamos assim: 66.3 kg (para a semana até faço uma tabela e tudo para ser mais fácil ver a evolução e se me portar mesmo bem até tiro medidas…). Na próxima semana irei partilhar o plano de treino que estou a seguir esta semana e algumas das minhas refeições.

Até lá!

40/52

Volto para reportar o resultado da semana e vou já avançando que não há mudanças a registar. Peso na mesma e também não cresci ;-)

Alimentação irregular…uns dias mais cuidada e outros nem por isso, fruto de uma semana muito exigente em termos de trabalho. O cansaço (e o stress) é o que mais me desperta a gulodice e portanto aqui me assumo culpada de escolhas menos felizes ao longo da semana que passou.

Em termos de exercício, apenas consegui ir duas vezes ao ginásio + uma caminhada bem ligeira. Na sexta-feira que passou, sem ter possibilidade se ir treinar ao fim do dia, decidi arrastar-me para o ginásio às 8h da manhã. E isto é o que de mais positivo teve a semana passada: temos que arranjar tempo, não desculpas, mesmo que o nosso dia seja muito preenchido. Ter ido fazer aquele treino logo de manhã custou mas fez-me sentir bem, com um sentimento de “dever cumprido”.

É com este pensamento positivo que encaro esta nova semana que começa. Procurar as alternativas que o dia me oferece, tentando incluir o máximo de treinos possível. Sei que não o vou conseguir fazer diariamente, mas espero que com alguma dedicação possa daqui a uma semana trazer novidades. Ah…e que o ponteiro da balança seja meu amigo e comece a descer =D

Até breve!

de volta aos treinos

Estou parada há vários meses. Vou fazendo exercício, mas não tenho vindo a conseguir manter a regularidade que desejaria, o que me traz alguns resultados, mas nunca me leva ao objetivo pretendido. Uma semana a ir direitinho, seguida de semanas de pausa não funciona. Diria assim que estou parada há vários anos.

Num dos últimos posts que escrevi sobre o assunto, tinha deixado o ginásio e assim continuei durante algum tempo. Fiz exercício em casa e fui correr algumas vezes, mas é preciso muita motivação para fazer exercício sozinha. Não digo que não seja possível, mas sinto que estar num ginásio ou inscrita numa qualquer modalidade torna o processo mais fácil.

Entretanto encontrei uma solução low cost, um ginásio em que contam o tempo que se despende ao minuto, desde momento em que se entra até sair (o banho também é contado). Fui experimentar e gostei. Do ginásio, do ambiente e das aulas que experimentei. Já tenho um plano de treino e até companhia para alguns treinos, por isso só desculpas podem fazer com que não atinja os meus objetivos.

Estes passam por perder peso e por me sentir bem, com energia e genica para enfrentar o dia, que é o modo como sei que me fico a sentir quando faço exercício. Por isso, em benefício do meu bem-estar e da minha sanidade sei que tenho que estabelecer uma rotina e de me esforçar ao máximo por cumpri-la com regularidade.

Irei reportar aqui o meu progresso, semanalmente, por isso se tiverem interesse, acompanhem-me. De acordo com a avaliação que fiz no ginásio, tenho cerca de 13 kg a perder, mas prefiro pensar em etapas mais pequenas, por isso o meu primeiro objetivo é chegar aos 60 kg. Começo assim na semana 39 de 52 (2014) com  66.5 kg (1,58 cm).

Mais alguém por aí nesta luta?

ginástica sem ginásio

Na vida é necessário fazer ajustes e recentemente tive que cancelar a minha inscrição no ginásio. Questões de orçamento e agenda… Custou-me (vou ter muitas muitas saudades das aulas de powerjump), mas há que definir prioridades. Como não me imagino sem fazer desporto, procurei alternativas que me permitissem realizar alguma atividade física, sem a despesa fixa de uma mensalidade.

Aqui ficam algumas dicas:

Completamente gratuito – oh yeahhhh!

Caminhar ou correr – Para mim foi fundamental participar no Aveiro Night-Runners para ficar com o bichinho. A participação é gratuita e o espírito gerado é fenomenal. Todas as semanas, há corrida :)

Fazer exercício em casa: saltar à corda, fazer abdominais, subir e descer escadas ou optar por seguir programas de exercício online. Deixo aqui links de dois dos meus preferidos: Blogilates (neste até podemos ter acesso a um plano mensal de exercício, mediante a subscrição da newsletter) eo canal do youtube Fitnessblender.

Sistema de senhas – se vais, pagas!
Zumba – cá em Aveiro, há vários dias por semana e custa 3.5€/aula. Quem vai paga esse valor e no final de dez aulas, uma é oferta.

Ginásio – trata-se de outro modo de continuar a frequentar um ginásio de que se gosta, mas noutra modalidade. Só compensa se se fizer com menos regularidade, apostando aquelas aulas de que gostava mais!

Piscina – penso que todas as piscinas locais têm regime de nado livre, mediante o pagamento de uma quantia razoável.

Aceitam-se outras ideias ou sugestões ;-)